Translate

Promoção

sábado, 17 de setembro de 2016

Roteiro: 3 dias na Ilha Terceira, Açores - A ilha de Jesus Cristo ou ilha Lilás

Situada no grupo central do Arquipélago dos Açores, ostentando uma interessante forma elíptica, com uma área de cerca de 402 quilómetros quadrados (em 29 km de comprimento e 18 km de largura), a belíssima Ilha Terceira é a terceira maior do grupo e segundo os dados históricos, foi a terceira ilha a ser oficialmente descoberta, sendo a sua capital, a bela Angra do Heroísmo, A cor lilás é a característica que mais sobressai das fachadas dos edifícios, em especial de Angra do Heroísmo.


Desde o seu descobrimento que a Ilha Terceira desempenhou um papel importante dada a sua localização geográfica de grande importância, ponto de paragem para as grandes embarcações dos Descobrimentos Portugueses.


Dia 1: Chegada à ilha Terceira e passeio por Angra do Heroísmo

Angra a pé… Aproveite a classificação da cidade como Património Mundial, pela UNESCO, para percorrer as ruas à procura de todos os marcos arquitetónicos que lhe deram este estatuto. Faça um passeio por zonas como a Rua Direita, o Palácio dos Capitães Generais, o Jardim Duque da Terceira e no topo dos vários patamares deste jardim o Alto da Memória, um miradouro com uma das melhores vistas sobre a cidade, a Sé Catedral e a Igreja da Misericórdia.





Dia 2: Passear pela ilha

Visite o lado Oeste da ilha. Siga em direção à freguesia de São Mateus, com destino ao porto piscatório e à zona balnear do Negrito. A Zona Balnear do Negrito é composta por um cais e uma piscina natural, onde não falta espaço para relaxar e apanhar sol. Encontram-se aqui também restos das muralhas de uma fortaleza do século XVI.




Seguindo para S. Bartolomeu, para visite o Núcleo Museológico de São Bartolomeu, localizado na antiga "Leitaria Esperança", onde se pode encontrar uma antiga cozinha, bem como fornos tradicionais, de forma a representar o quotidiano de São Bartolomeu.

Paragem na Fábrica de Queijo das Cinco Ribeiras. O Queijo Vaquinha é o mais antigo dos queijos da ilha Terceira e, neste caso, merecidamente, a antiguidade é um posto. A Fábrica, um pequeno café e uma área de vendas e provas de queijos justificam a paragem, na Canada do Pilar, para experimentar os sabores do Vaquinha: Ilha Terceira e picante (€7), sem sal (€4,50) e fresco (€0,50), entre outros.

Siga pelas freguesias de Serreta e Raminho e vá até aos Biscoitos e às suas Piscinas Vulcânicas. Zona Balnear dos Biscoitos é considerada por muitos como a melhor da ilha. As piscinas naturais, esculpidas por rochas vulcânicas, contam com o apoio de diversos equipamentos, incluindo áreas para banhos de sol.







Continue pelo interior da Ilha para a zona do Algar do Carvão, situada no “Coração da Ilha” e visita ao vulcão adormecido. O Algar do Carvão, na zona de Porto Judeu, é uma chaminé vulcânica, com 90 metros de profundidade, criada há 3200 anos, visitável, com túneis, escadarias e iluminação. A entrada custa €5 e dá acesso a uma lagoa de águas límpidas. Lá perto, ficam também as Furnas do Enxofre, com as suas fumarolas.




Dia 3: Passear pela ilha e viagem de regresso

A poucos minutos de carro, o Monte Brasil, localizado numa península, situada no ponto extremo da cidade.

Monte Brasil é um antigo vulcão extinto que teve origem no mar e se juntou à cidade de Angra do Heroísmo. Atualmente é uma paisagem protegida e o parque natural da cidade, com espécies arbóreas e arbustivas de especial interesse e com excelentes miradouros.



 É no Monte Brasil que se encontra implantado o Castelo de S. João Baptista, uma das mais vastas e importantes fortalezas filipinas, construídas no nosso país nos finais do século XVI.



Quatro picos rodeiam a caldeira do antigo vulcão – o Pico das Cruzinhas, o Pico do Facho, o Pico da Vigia da Baleia e o Pico do Zimbreiro. O miradouro do Pico das Cruzinhas oferece uma vista panorâmica sobre toda a costa sul da ilha Terceira.

Seguindo para o lado Este da Ilha, passe pelas freguesias da Ribeirinha, Porto Judeu, onde terá a oportunidade de observar a Baía da Salga, São Sebastião e Porto Martins.

As Piscinas Naturais do Porto Martins, são compostas por formações rochosas que apresentam interessantes formações, cujas cores escuras contrastam com o azul profundo do Oceano, apresentando boas condições para mergulho.



Siga para a cidade da Praia da Vitória, uma cidade rica em história, monumentos e tradições, tendo sido uma das primeiras povoações da Ilha, começado o seu povoamento entre 1456 e 1474. Vale a pena passear pelo seu bonito centro histórico, de ruas tradicionais e calcetadas, e arquitetura típica.



Na Praia da Vitória destacam-se a bela Igreja Matriz do século XV, o Forte de Santa Catarina, a bela Igreja do Senhor Santo Cristo (século XVI), as Ermidas de Nossa Senhora dos Remédios, de São Salvador e de São Lázaro, o bonito edifício dos Paços do Concelho ou a interessante Casa da Alfandega. Igualmente digno de relevo é a Casa Museu de Vitorino Nemésio, onde nasceu o poeta, um belo edifício do século XVII.


A rodear a cidade, a bela Serra do Cume oferece paisagens de grande beleza natural, podendo ser também avistada do Miradouro do Facho, de onde se tem um belo panorama sobre a fantástica cidade de Praia da Vitória.


Siga para o aeroporto para embarcar.

Onde ficar?

Hotel Angra Garden - O hotel goza de uma localização privilegiada na praça principal da cidade, nos belíssimos Jardins Municipais, oferecendo aos seus hóspedes um passeio magnífico até ao Miradouro da Memória com uma vista fantástica para a cidade. A praia mais próxima encontra-se a cerca de 300 m. Este foi o primeiro hotel da cidade e foi recentemente renovado, mantendo contudo a sua fisionomia e enquadramento no centro histórico da cidade património mundial.
 
A Ilha Residencial - Localizado no centro de Angra do Heroísmo, este hotel fica a cerca de 150 m da marina e a 5 minutos a pé do mar e da praia. Até ao aeroporto de Lajes, são aproximadamente 24 km de distância. Esta pequena casa de hóspedes oferece nove quartos duplos e três individuais com uma decoração simples mas confortável.

Quando visitar?

A melhor altura para visitar a Terceira é durante as suas celebrações religiosas ou tradicionais. De Maio a Setembro, todo o arquipélago celebra as Festas do Espírito Santo, que comemoram o milagre de Santa Isabel, sendo distribuídos pão e carne durante esta época. Estas são consideradas as celebrações mais características de todas as ilhas. O que faz com que a Terceira se destaque das demais, porém, é a tourada à corda. Dois grupos de quatro homens agarram um touro amarrado a uma corda, controlando o seu percurso sem o deixar sair de um determinado limite. O bulício e o entusiasmo criados em torno desta atividade tradicional são uma experiência única.


Como chegar?

De avião: A ilha Terceira apresenta ligações regulares de avião, dispondo de um aeroporto internacional, sendo a via – aérea a forma principal de chegada.

De barco: Também é possível chegar à ilha através de uma ligação marítima, através das companhias locais, ou recorrer às empresas Marítimo – Turísticas para se deslocar entre as diversas ilhas do grupo central.

Para as deslocações terrestres, existe a opção de recorrer aos transportes públicos, ao serviço de táxi, ao aluguer de automóvel ou aos transportes prestados por algumas empresas de animação turística, agências de viagens, ou empreendimentos turísticos. 


Voos de Ligação Gratuitos

Sabia que se conseguir uma ligação a partir do Continente ou do Funchal com outra ilha dos Açores através das companhias TAP, SATA, EASYJET ou RYANAIR pode chegar à ilha Terceira de graça?


 - Planeie as suas datas de início de viagem e de regresso, consultando as companhias de viagens.
 - As companhias de baixo custo têm como ponto de chegada a ilha de São Miguel.

 - Confirme os voos de ligação gratuitos entre o aeroporto de Ponta Delgada e o Aeroporto das Lajes nas datas que quer viajar.
 - Consulte o call center da SATA, para o ajudar na informação das disponibilidades. *
 - Deverá em primeiro lugar fazer a sua reserva na companhia que deseja viajar, pois só posteriormente conseguirá agendar o seu encaminhamento. (Será pedido o envio da confirmação da sua reserva entre o aeroporto de origem, Continente ou Funchal, e de chegada, Açores, e terá de proceder à emissão do bilhete 72 horas antes do início da viagem. Se já estiver dentro desse período, o seu tempo de emissão reduz para 6 horas).
 - As Agências de Viagens facilitam o processo e podem fazer todos estes procedimentos por si.
 - Se é Estrangeiro, ou viaja de outro país, poderá comprar o seu bilhete até Lisboa ou Porto e a partir daí seguir os procedimentos acima referidos.


Sem comentários :

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...